Oeste Saúde - Planos de Saúde

Conhecimento e informações para uma vida saudável

Saúde

Julho Amarelo alerta para a conscientização das hepatites virais

02 Agosto 2021
Julho Amarelo alerta para a conscientização das hepatites virais | Oeste Saúde - Planos de Saúde

A campanha Julho Amarelo é voltada para a conscientização e prevenção das hepatites virais. Esse conjunto de doenças ataca principalmente o fígado e pode provocar consequências graves, como cirrose, câncer e morte. Há diferentes tipos de hepatites virais (A, B, C, D e E), e cada uma é provocada por um agente infeccioso diferente. 

No Brasil, a hepatite A, hepatite B e hepatite C são as mais comuns. Existe ainda o vírus da hepatite D, mais comum na região Norte do país, e também o vírus da hepatite E, que é menos frequente no Brasil. 

O que são hepatites virais?

As hepatites virais são um grave problema de saúde pública no Brasil e no mundo. Trata-se de uma infecção que atinge o fígado, causando alterações leves, moderadas ou graves. O impacto dessas infecções acarreta aproximadamente 1,4 milhões de mortes anualmente no mundo, seja por infecção aguda, câncer hepático ou cirrose associada às hepatites. A taxa de mortalidade da hepatite C, por exemplo, pode ser comparada às do HIV e da tuberculose.

Hepatite viral: sintomas 

Nem sempre a hepatite viral apresenta sintomas, o que reforça a necessidade de ir ao médico regularmente e fazer os exames de rotina que detectam os vários tipos de hepatites. Geralmente, a doença já está em estágio mais avançado quando os sintomas aparecem. Os sinais mais comuns são:

  • Febre;

  • Fraqueza;

  • Náusea;

  • Vômitos;

  • Dor abdominal;

  • Perda de apetite;

  • Urina escura (cor de café);

  • Icterícia (olhos e pele amarelados);

  • Fezes esbranquiçadas.

Quais são os tipos de hepatites virais?

A hepatite A está diretamente relacionada às condições de saneamento básico e de higiene. É uma infecção leve e se cura sozinha. A vacina contra a hepatite A é altamente eficaz e segura, sendo a principal medida de prevenção.

A hepatite B atinge maior proporção de transmissão por via sexual e contato sanguíneo. A melhor forma de prevenção é a vacina, associada ao uso do preservativo. 

A hepatite C tem como principal forma de transmissão o contato com sangue. A doença não tem vacina e pode causar cirrose, câncer de fígado e morte. Para evitar a infecção é importante não compartilhar com outras pessoas qualquer objeto que possa ter entrado em contato com sangue (seringas, agulhas, alicates, escova de dente, etc) e usar preservativo nas relações sexuais.

A hepatite D ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B. Sendo assim, a vacinação contra a hepatite B também protege da infecção por hepatite D.

A hepatite E é transmitida por via digestiva (transmissão fecal-oral), provocando grandes epidemias em certas regiões. Ela não se torna crônica, porém, mulheres grávidas que forem infectadas podem apresentar formas mais graves da doença. A melhor forma de evitar a doença é melhorando as condições de saneamento básico e de higiene.

O que é Julho Amarelo?

A campanha Julho Amarelo deste ano traz como tema “Não vamos deixar ninguém para trás". O objetivo é estimular o diagnóstico e o acompanhamento adequado das hepatites virais. Entre outras ações, há um número de telefone (0800 882 8222) em que os brasileiros podem tirar dúvidas, inclusive sobre onde realizar testes que detectam a hepatite, disponíveis também na rede pública. 

A falta do conhecimento da existência da doença é o grande desafio, por isso, a recomendação é que todas as pessoas com mais de 45 anos de idade façam o teste, gratuitamente, em qualquer posto de saúde e, em caso de resultado positivo, façam o tratamento recomendado.

Agora que você já conhece a campanha Julho Amarelo, fique atento e mantenha em dia a vacinação e os exames periódicos. E se você prefere ter mais tranquilidade na hora de cuidar da sua saúde, a Oeste Saúde oferece planos de saúde que têm tudo a ver com você e que cabem no seu bolso. Para saber mais, fale com um dos nossos vendedores por meio do telefone (18) 3918-5100 ou faça uma simulação no site.

 

Compartilhe:

Posts relacionados